Mulheres que tomam cerveja têm menos chances de infartar

O estudo foi realizado durante quase 50 anos

A cerveja, se apreciada com moderação, protege as mulheres do risco de infartos. Este é o principal resultado de um estudo na Suécia.

Image title

As mulheres que bebem uma cerveja, uma ou duas vezes por semana, têm 30% a menos de chances de infartar em relação às que consomem quantidades elevadas da bebida ou às que não tomam nada.

A pesquisa demonstrou uma conexão estatística significativa entre um elevado consumo de destilados por parte das mulheres — frequência maior que apenas uma ou duas vezes por mês — e um risco de quase 50% a mais de morte por câncer.

O estudo foi realizado durante quase 50 anos, sendo que em 32 deles, de 1968 a 2000, 1,5 mil mulheres de meia idade preencheram um formulário sobre o seu consumo de vinho, cerveja e destilados e os vários sintomas de doenças que tinham.

Dos resultados, descobriu-se que 185 das mulheres que contribuíram para o estudo sofreram com infarto; 162, com derrame; 160, com diabetes; e 345, com câncer.

Fonte: Com informações do R7