Novo iPhone começa a ser vendido por até R$ 3 mil na internet

iPhone SE, pode custar até R$ 3 mil no Brasil

A Apple começou a vender no Brasil nesta quinta-feira (19) o iPhone SE, um smartphone com processamento igual ao do iPhone 6s, mas tela menor e chassi semelhante ao do iPhone 5s. A versão mais barata, de 16 GB, custa R$ 2,7 mil, enquanto a de 64 GB sai por R$ 3 mil.

As vendas acontecem apenas pelo site da Apple e são entregues entre 2 e 4 dias úteis. As lojas físicas, em São Paulo e no Rio de Janeiro, ainda não receberam os aparelhos.

Os modelos podem ser comprados nas cores prateado, dourado, cinza espacial e ouro rosa.

Apesar da tela de 4 polegadas contra a de 4,7 polegadas do iPhone 6s, o iPhone SE é equipado com o mesmo processador A9 do smartphone top de linha da Apple. Isso faz com que o novo aparelho seja tão potente quanto o modelo lançado em setembro de 2015, mas por um preço mais em conta.

Isso porque o iPhone SE é vendido nos Estados Unidos por US$ 400 (16 GB) e US$ 500 (64 GB). Já o iPhone 6s é comercializado por US$ 650 no modelo de 16 GB, valor que sobe para US$ 750 na versão com 64 GB.

A câmera traseira do iPhone SE possui resolução de 12 Megapixels e capacidade de registrar imagens panorâmicas de 63 MP. O novo celular também faz vídeos em 4K.

De acordo com Greg Joswiak, vice-presidente da Apple, o iPhone SE é capaz de acessar a internet com 50% mais rapidez do que o iPhone 5s. O iPhone SE chegou às lojas norte-americanas em 31 de março.




Fonte: G1