Para manter o amor vivo, marido lê diário para esposa com demência

Ele espera que assim ela não esqueça de todos os anos que estiveram juntos.

Um casamento de 70 anos não pode ser esquecido. Nem quando o diagnóstico de demência, recorrente do Mal de Alzheimer, é descoberto. Para isso, o inglês Jack Potter, 91 anos, se encarrega de todos os dias ler o seu diário para a esposa Phyllis, 93 anos. Ele espera que assim ela não esqueça de todos os anos que estiveram juntos.

Image title


Hoje Phyllis vive em uma casa de repouso em Rochester, na Inglaterra. Porém Jack a visita todos os dias. Acostumado a escrever em seu diário desde muito jovem, ele tem o registro de quando conheceu a esposa, num baile, em 1941. "Foi uma noite muito agradável. Dancei com uma garota muito legal. Espero encontrá-la novamente". Segundo Jack, eles estão juntos desde aquele encontro e casaram-se em 1943.

Com fotografias, histórias de passeios e férias ele quer que a vida dos dois não se apague da memória de Phyllis. Ele, ainda hoje, anota acontecimentos para contar para a esposa e o amor entre eles ainda é muito presente. "Eu me lembro, como se fosse ontem, a primeira vez que a vi - ela veio até mim e me pediu para dançar", conta.

O aniversário de casamento, antes comemorado só entre os dois, já que não tiveram filhos, dessa vez foi comemorado com outras pessoas da casa de repouso. Eles ganharam um bolo e flores para comemorar.

Apesar de estar debilitada pela doença, Phyllis se esforça para abraçar Jack e ser carinhosa com ele. "As pessoas sempre perguntam qual é o segredo para o sucesso no casamento e eu digo 'o que será, será'", conta ele dizendo que eles nunca tiveram como objetivo chegar aos 70 anos de casados, apenas viveram para isso.

Eles são, na vida real, o casal da emocionante e romântica história que inspirou o livro "The Notebook", de Nicholas Sparks, que mais tarde se tornou o filme Diário de uma Paixão, baseado no livro. Quem já assistiu ao filme, certamente lembrou da semelhança dos acontecimentos. Um amor que nos faz acreditar que não desistir de um casamento é uma boa escolha.

Image title

Image title

Fonte: Família