Passageiro tira foto com "homem bomba" em aeronave sequestrada

Os explosivos de Mustafa eram falsos.

Uma aeronave da Egyptair, que iria da Grécia ao Cairo, no Egito, foi obrigada a fazer um pouso forçado no Chipre após um sequestro. O homem, que supostamente carregava um cinturão com explosivos foi preso, mas antes teve que tirar uma foto com um dos sequestrados.

Um dos 81 reféns do voo, o britânico Ben Innes, um inspetor de saúde de 26 anos, tirou uma foto sorridente ao lado do sequestrador Seif Eldin Mustafa.

"Depois de meia hora preso no avião com ele resolvi pedir uma foto. Pensei 'por que não?', se ele explodir tudo isso aqui não vai fazer diferença. Pedi a um dos tripulantes traduzir meu pedido, ele apenas deu de ombros enquanto dei meu melhor sorriso, tinha de ser a melhor foto", afirmou Innes à imprensa inglesa.

Para a sorte de Ben e dos outros reféns, os explosivos de Mustafa eram falsos. Ele queria que o avião pousasse no Chipre para que fosse entregue uma carta à sua ex-mulher. Segundo um funcionário do Ministério do Exterior do Egito, o "terrorista" era apenas um idiota: "terroristas são loucos, mas não são estúpidos. Esse cara é".


Foto com homem bomba (Crédito: Divulgação )
Foto com homem bomba (Crédito: Divulgação )
Fonte: Com informações da Terra