Pesquisa polêmica mostra que gatos causam esquizofrenia em crianças

A hipótese soa como absurda para muitos

Um estudo polêmico está causando grande repercussão nas redes sociais, pois segundo a pesquisa mostra que crianças que cresceram em ambientes familiares com gatos apresentaram o desenvolvimento posterior de esquizofrenia. 


Image title

Os responsáveis pelos estudos mostraram que crianças que convivem com gatos em suas casas possuem maiores taxas de risco de desenvolver a doença – considerado pela psiquiatria um grave transtorno mental.

A hipótese soa como absurda para muitos, mas já havia sido levantada por cientistas anteriormente, e os três pesquisadores quiseram comprovar, com novos dados, se está possibilidade existiria na prática, e chegaram aos mesmos resultados. 

Segundo eles, a convivência de crianças com gatos ocorre com mais frequência em famílias onde um ou mais pessoas possuem doenças mentais graves, mas comentaram que mais averiguações e intensas pesquisas são necessárias para dar uma comprovação mais consistente.

Os dados da pesquisa mostram que 50,6% das pessoas que desenvolveram esquizofrenia criaram gatos em suas casas na infância. O estudo mostra uma simples ligação e não uma relação direta de causa. A principal teoria está em torno do parasita Toxoplasma gondii, responsável pela doença toxoplasmose.


Fonte: Com informações do Jornal Ciência