Ponte escocesa é conhecida por suicídio de cães, entenda

A área onde se localiza a ponte é o habitat ideal para o vison.

O mistério acerca da ponte escocesa, conhecida pela enorme quantidade de cães que se suicidaram nela, parece ter sido resolvido. Trata-se da Overtoun Bridge, localizada em Milton, na Escócia, e chamada de “a ponte dos cães suicidas”, já que, aproximadamente, 100 cachorros se jogaram de sua altura nos últimos 50 anos.

O veterinário David Sands, resolveu investigar as causas enigmáticas do peculiar comportamento suicida adotado pelos cães nessa ponte, de 12 metros de altura. Primeiramente, ele descobriu que apenas cachorros da raça Labrador, Collie e Golden Retriever, saltavam da ponte. Por saber que algumas raças possuem um olfato ainda mais desenvolvido, Sands concluiu que, provavelmente, algum odor os estava deixando loucos.

Depois de descartar várias espécies vegetais, ele finalmente descobriu que o responsável por emanar um odor semelhante é o vison-americano, animal valorizado por sua pele, usada em casacos, que possui glândulas anais que exalam uma substância extremamente fedorenta para demarcar limites territoriais. E o aroma desta substância acaba enlouquecendo os cães, principalmente os que têm o olfato mais aguçado.

A área onde se localiza a ponte, com um leito obstruído e sem correntes para espalhar o odor, é o habitat ideal para o vison-americano. Os cães, quando cruzam a ponte, podem ficar loucos, chegando ao extremo de se jogar sem medir as consequências. O especialista planeja realizar uma série de experimentos para comprovar sua teoria.


Image title

Fonte: Com informações do History