Por que nem todas pessoas conseguem dobrar a língua?

Por que nem todas pessoas conseguem dobrar a língua?

Capacidade de fazer o formato de U com a língua é genético

A língua humana tem uma série de funções e, somente por causa dela, conseguimos falar. Existe uma “habilidade” envolvendo esse músculo que algumas pessoas não têm: o talento de enrolar a língua, a deixando em formato de U.

De acordo com os cientistas, quase 70% das pessoas pelo mundo conseguem enrolar a língua tranquilamente. O restante da população, curiosamente, não consegue fazer com que o cérebro controle esse músculo e una suas duas partes.

Segundo os estudos no assunto, tudo leva a crer que a capacidade de fazer o formato de U com a língua está diretamente ligado à genética. A grande maioria dos filhos de pais que conseguiam enroscar o músculo acabavam herdando essa habilidade. No entanto, a prole de pais que não podiam dobrar a língua, normalmente, não podia concluir a ‘missão’, por mais que tentassem.

Conforme as pesquisas, a capacidade de enroscar a língua depende de um par de genes chamado T (apelidado de Tesão) e t (tesinho). Todo mundo tem dois desses genes – um recebido do pai e outro da mãe – mas a bagunça acontece na variação da junção dos dois.

Assim, as pessoas que têm TT como par conseguem fazer a língua em U, enquanto que as que contam com tt, não conseguem. Já no caso da combinação Tt, a coisa pode variar: oito em cada 10 dos indivíduos com esse par de genes pode enroscar o músculo, enquanto duas, não.

A questão fica ainda mais interessante no caso de gêmeos, já que eles herdam os mesmo pares de genes, sendo ambos TT, tt ou Tt. Só no último caso, (Tt) é que existe chances de apenas um dos gêmeos conseguir realizar a façanha.

Fonte: Fatos Desconhecidos