Psicóloga alerta que beijar os filhos na boca é muito "sexual"

A boca é uma zona erógena que pode ser estimulada", disse ela.

A psicóloga americana Charlotte Reznick, professora da Universidade da Califórnia em Los Angeles e autora do best-seller (”O poder da imaginação dos seus filhos: como transformar estresse e ansiedade em alegria e sucesso”, em tradução livre) acaba de lançar uma sombra de culpa sobre os pais.

Segundo ela, beijar os filhos na boca é “muito sexual”, porque a boca é uma zona erógena que pode ser estimulada e causar confusão nas crianças.

Charlotte diz que as crianças podem associar o beijo a momentos sexuais ou românticos dos pais e questionar por que os pais fazem o mesmo que elas: “Se mamãe beija o papai na boca e vice-versa, o que significa quando eu, uma menininha ou um menininho, beijo meus pais na boca?”

Outros especialistas, no entanto, ridicularizaram o alerta da psicóloga, e disseram que não há mal nenhum em demonstrar afeição.

“Não tem como a criança ficar confusa pelo fato de beijar outra criança na boca”, disse a psicóloga Sally-Anne McCormack ao jornal “The Sun”. “É o mesmo que dizer que amamentação pode confundir”, alertou.

Image title


Fonte: O Globo