Quando custa cuidar da vagina? Empresa estima gasto anual

Uma empresa financeira europeia fez as contas e definiu o gasto.

Absorventes, pílula anticoncepcional, remédios para cólica e outros itens femininos podem parecer baratos, mas, somando esses e outros produtos necessários para cuidar da saúde íntima feminina, fica claro que eles pesam bastante no bolso das mulheres. Uma empresa financeira europeia fez as contas e definiu quanto custa ter uma vagina. Descubra a seguir.


Image title

Quanto custa cuidar da saúde íntima?

Impulsionada pela campanha que pede para que os absorventes íntimos deixem de ser taxados com impostos, a empresa financeira Buddy Loans calculou quanto as mulheres gastam com os cuidados que a saúde íntima pede. No total, o custo é de aproximadamente 800 libras, o que seria equivalente a pouco mais de 4.500 reais considerando a cotação atual das moedas*. Apesar de os valores pagos pelas mulheres lá e aqui serem diferentes, o levantamento dá uma ideia de quanto dinheiro deixamos nas farmácias, lojas de lingerie e companhia. Confira a seguir.

Pílula anticoncepcional

De acordo com a Buddy Loans, 6 meses de anticoncepcional não saem por menos de 24 libras, o equivalente a 140 reais. Ao ano, são 280 reais.

Absorventes

Absorventes externos, internos, coletores menstruais e protetores diários custam aproximadamente 13 libras, ou 75 reais, por mês. O equivalente a 900 reais ao ano.

Atenuadores da TPM

Por mês, analgésicos, como o paracetamol e o ibuprofeno, levam 4,50 libras, o mesmo que 25 reais. Chocolates, doces e DVS informativos também entram na conta, somando cerca de 15 libras – ou 86 reais – ao seu orçamento. Por ano, são 1.290 reais.

Calcinhas

Vazamentos acontecem durante a menstruação e para substituir suas calcinhas manchadas lá se vão mais 8 libras, ou 40 reais, da sua conta.

Sabonete íntimo

Caso você use esse produto, o gasto pode chegar a 4 libras por produto (20 reais). Considerando que você precise de um a cada dois meses, são 120 reais ao ano.

Remédios

Segundo pesquisas, 75% terá pelo menos um episódio de candidíase durante a vida. Some mais 8 libras, o mesmo que 40 reais, ao orçamento anual.

Papel higiênico

Apesar de ser uma conduta recomendada para os dois gêneros, pode-se dizer que usar papel higiênico depois de fazer xixi é um hábito mais feminino que masculino. Considerando o gasto médio de 9 rolos por mês entre as britânicas, o levantamento estimou um gasto de 4,50 libras ou 25 reais, somando 300 reais ao ano.

Depilação

Produtos para depilar e depilações com cera não saem por menos de 36 libras ao ano no Reino Unido. Isso equivale a 210 reais, mas é bem possível que você gaste um valor ainda maior com esse item por aqui.

Pílula do dia seguinte

Métodos contraceptivos de urgência saem por pelo menos 25 libras (140 reais). Por aqui, esse produto sai bem mais barato e varia de 5 a 20 reais.

Teste de gravidez

Se você precisar usá-lo, considere gastar 3,50 libras ou 20 reais.

Aborto

No Reino Unido, caso a mulher opte ou precise fazer um aborto, é possível fazê-lo gratuitamente. Aqui no Brasil, as mulheres podem fazê-lo gratuitamente em casos de estupro ou risco de vida da mãe. Em situações de gravidez indesejada, os valores podem chegar a milhares de reais.



Fonte: Com informações da Bolsa de Mulher