Questão de prova de estudantes do ensino fundamental revolta pais de alunos

A crítica da tirinha à instituição do casamento causou indignação nos pais dos alunos da escola, que é católica e uma das mais tradicionais da cidade.


A tirinha  caiu na prova de português dos alunos do quarto ano do ensino fundamental do Colégio Santo Agostinho, na Barra. Alguns alunos deram como resposta frases como "o casamento é uma coisa horrorosa", mas a maioria deles, todos entre 9 e 10 anos, não entendeu a questão.

A crítica da tirinha à instituição do casamento causou indignação nos pais dos alunos da escola, que é católica e uma das mais tradicionais da cidade.

Eles foram reclamar com a direção do colégio, e alegam que não houve a retratação prometida. "Nos falaram que uma professora ia conversar com as crianças para tentar consertar o estrago", diz uma das mães. "Mas nada aconteceu."  

O outro lado

O Santo Agostinho assume que a escolha da tirinha foi uma "má ideia". "Erramos. A professora selecionou o conteúdo da prova, o trecho passou pela coordenação, mas não atentamos para esse detalhe", reconhece a coordenadora Marisa Braga.

Segundo ela, o colégio já entrou em contato com todos os pais que tiveram queixas. Sobre uma possível retratação, Marisa nega a necessidade de retomar o assunto com os alunos. "Dar mais explicações para quem, se só os adultos se incomodaram? Nenhuma criança veio reclamar conosco".

Fonte: O Globo