Rússia descobre artefato que pode responder perguntas da ciência

Rússia descobre artefato que pode responder perguntas da ciência

Uma descoberta feita por arqueólogos russos pode ser uma sensação

Uma descoberta feita por arqueólogos russos pode ser uma sensação em todo o mundo devido ao seu valor para a ciência. Eles descobriram algumas partes de um monumento de mármore com uma inscrição do influente rei persa Dario I, que governou a região entre 522-486 A.C.

Segundo a avaliação inicial, as escrituras no monumento estão na antiga língua persa. Data da primeira metade do século V a.C.

Na escavação, foram encontradas restos de antigas fortificações da cidade, construídas com tijolos, provavelmente entre os séculos VI e V a.C.

De acordo com Vladimir Kuznetsov, diretor do museu histórico-arqueológico de Fanagoria, a descoberta consiste em que as fortificações que datam dos períodos Clássico e Arcaico são extremamente raras, não só na região do Mar Negro, mas também no mar Mediterrâneo, já que as cidades gregas normalmente não tinham paredes, até o século VI a.C.

O diretor do museu histórico-arqueológico, contou ainda que é um dos mais importantes eventos de arqueologia em toda a bacia do Mediterrâneo.

Fonte: Climatologia Geográfica