Saiba porque dói tanto cortar o dedo com uma folha de papel

Estas lesões são superficiais.

Além de serem das feridas mais ‘estúpidas’, os cortes na pele feitos com papel são capazes de ser aquelas feridas que mais dor provocam.

Mas porque são estas lesões tão dolorosas? Segundo Ferris Jabr, editor da revista Scientific American, a pele nas mãos e nos dedos está repleta de neurorreceptores, cita o Huffington Post.

Alguns deles, mais precisamente os nociceptores, detectam dor, ou seja, quando se queima ou se corta, estes neurorreceptores ‘enlouquecem’. Enviam uma série de sinais elétricos e químicos que chegam ao cérebro, e é nessa altura que nos percebemos a dor.

Outro problema destas ‘pequenas feridas’ é que não são cortes precisos, como a maioria das pessoas acha. Em vez de fazer um corte ‘limpo’, o papel funciona como se fosse uma serra. Isto sem falar nas partículas quimicamente codificadas que acabam por infectar a ferida.

Corte nos dedos com folha de papel (Crédito: Divulgação)
Corte nos dedos com folha de papel (Crédito: Divulgação)
Fonte: Com informações do MSN