Sapatos de salto alto foram criados originalmente para homens

As mulheres só começaram a usar em 1630

A maior parte das mulheres adoram um salto alto. Os sapatos de salto longam a silhueta e são objetos de desejos para o público feminino. Mas o que poucas mulheres sabem é que esse tipo de calçado foi criado originalmente para os homens.

É o que conta uma exposição no Bata Shoe Museum, em Toronto (Canadá). Os primeiros sapatos de salto alto foram criados para cavaleiros persas, a fim de garantir uma melhor posição dos pés e melhor postura nos estribos durante as montadas.

No fim do século XVI, a cultura persa se disseminou pela Europa. Nessa época, os saltos eram vistos como sinais de virilidade. Um século depois, os saltos altos eram bastante populares entre os membros das classes mais privilegiadas, como o rei francês Luís XIV.

Luís XIV (Crédito: Ilustração)
Luís XIV (Crédito: Ilustração)


Para criar distinção entre nobres e plebeus, o monarca francês decretou que apenas membros da sua corte tinha autorização para usar saltos vermelhos.

Por volta de 1630, muitas mulheres começaram a cortar o cabelo, fumar e usar salto alto para adotar um estilo de moda parecido com o dos homens e assim afirmar que elas também tinha vez.

sapatos de salto (Crédito: Ilustração)
sapatos de salto (Crédito: Ilustração)


Em 1740, os sapatos de salto alto passaram a ser vistos como "ridículos" e os homens deixaram de usá-los.


Fonte: Com informações do O Globo