Site americano será o primeiro a gravar cena de sexo no espaço

O site está reunindo doações, com objetivo de arrecadar US$ 3,4 mi.

Um site pornográfico quer ir onde nenhum homem jamais esteve – pelo menos quando o assunto é relacionamento íntimo.

O portal Pornhub diz estar planejando enviar 'sexonautas' na órbita baixa da Terra, no próximo ano, para filmar o primeiro filme adulto no espaço. Apelidado de 'Sexplorations', o filme será estrelado pelos atores pornôs Eva Lovia e Johnny Sins, que receberão “seis meses de treinamento rigoroso” antes do lançamento.


Image title

"Há muitos elementos sobre a vida no espaço que merecem consideração cuidadosa e pesquisa. Especialmente o sexo", disse o release da empresa. "O Pornhub pretende se juntar à Armstrong e Gagarin pelo pioneirismo em missões para desafiar a gravidade, fazer história, e quebrar os limites intergalácticos com 'Sexploration’”.

O site está reunindo doações, com o objetivo de arrecadar US$ 3,4 milhões dólares para tornar o sexo no espaço uma realidade. Um sistema de recompensa irá beneficiar aqueles que contribuírem para a campanha, com os maiores investidores sendo capazes de dirigir cenas inteiras, incluindo as posições e montando o roteiro.

Pornhub diz que será a primeira empresa a mostrar o que acontece quando as pessoas têm relações sexuais em gravidade zero. Eles ainda não disseram como farão para chegar lá, ou quanto tempo os sexonautas vão gastar no espaço.

Até onde sabemos, nenhum ser humano jamais teve relações sexuais no espaço, mas isso não impediu que alguns teóricos imaginassem algo do tipo. Em 1992, Jan Davis e Mark Lee, dois astronautas que passaram a orbitar juntos, tinham casado em segredo nove meses antes de sua missão espacial. Paul Root Wolpe, um bioeticista sênior da Nasa, diz que a dificuldade logística de ancoragem corpo a corpo na microgravidade, provavelmente seria um grande empecilho. A liberação de fluidos também pode causar alguns problemas para os astronautas na microgravidade.

Outro fato a ser levado em conta, é que a gravidade leva o nosso fluxo de sangue para as partes inferiores do corpo, por isso, no espaço, o sangue sobe à cabeça e ao peito, tornando a ereção algo complexo e problemático. Sabe-se, também, que os níveis de testosterona masculinos caem durante uma viagem espacial, embora a Nasa não tenha certeza dos motivos.

Pornhub diz que vai descobrir tudo isso pelo “amor à ciência e ao sexo”. Até agora, o projeto arrecadou apenas US$ 1.017 dólares.

Fonte: Com informações do Jornal Ciência