Soneca do fim de semana leva ao ganho de peso, diz estudo

Para tal resultado, foram analisadas 800 pessoas na Nova Zelândia em alguns anos.

Pessoas que sentem dificuldade em sair da cama nos fins de semana têm mais chances de ganhar peso e se tornarem diabéticas do que outras que mantêm os hábitos de sono dos dias úteis, diz um novo estudo.

Cientistas ingleses chegaram à conclusão de que o "jet-lag social" - as significativas diferenças de horários entre os dias de semana e sábado e domingos - leva a um distúrbio metabólico que acaba gerando quilos a mais e diabetes. Para tal resultado, foram analisadas 800 pessoas na Nova Zelândia em alguns anos.

"Obesidade é resultado de vários fatores, e nosso estudo sugere que o jet-lag social é um deles e precisa ser levado em consideração. Nossa pesquisa confirma conclusões anteriores que ligavam pessoas com jet-lag social severo a aumento de gordura corporal, mas esta é a primeira a sugerir que a grande diferença entre horas de sono pode levar a problemas", disse Michael Parson, chefe do estudo, que foi publicado no International Journal of Obesity (Jornal internacional da obesidade, em tradução livre).

É normal as pessoas dormirem mais no fim de semana porque não têm que trabalhar, mas alguns indivíduos acabam tendo uma enorme diferença de horas de sono durante a semana. Esse foi o principal aspecto analisado, disse Parson.

Os pesquisadores sugerem que as políticas de horário de trabalho sejam mais flexíveis para que as pessoas não tenham que ir contra seus relógios biológicos.

Fonte: O Globo