Tetraplégico realiza sonho e dança com a mulher pela primeira vez

O rapaz passou por um acidente que o decapitou internamente.

Joel e Lauren levaram dois anos até finalmente conseguirem dançar juntos pela primeira vez como marido e mulher. Tetraplégico, o americano de 26 anos pode, finalmente, desfrutar deste doce momento graças à ajuda dos fisioterapeutas que cuidam de seu caso desde que ele sofreu um grave acidente, seis anos atrás, ao bater com seu carro em um poste telefônico.

O impacto foi tão forte que Joel foi decapitado internamente — sua cabeça se separou de sua espinha dorsal. Por um milagre, ele sobreviveu à tragédia, mas perdeu os movimentos do pescoço para baixo. O casal se conheceu na faculdade, e se casou em 2013, quando Joel já apresentava as limitações que tem até hoje.

Image title

Naquela época, Lauren disse a ele que, assim que voltasse a andar, eles dançariam uma valsa juntos. E foi agora, perto do aniversário de dois anos do casamento, que o desejo deles se realizou. Durante uma sessão de fisioterapia que tinha tudo para ser igual a todas as outras, o médico sugeriu que ele se levantasse um pouco da cadeira. Lauren, então, anunciou a surpresa.

“Os fisioterapeutas estão tentando fazê-lo sair da cadeira desde julho. Com a ajuda dos aparelhos, ele se levantou pela primeira vez em seis anos. Foi um daqueles momentos que tiram o fôlego da gente. Eu não parava de dizer a ele o quanto ele é alto. Eu tinha me esquecido disso depois de tantos anos”, disse ela.

Os dois ensaiaram alguns passos juntos ao som da música “I’ll Be”, de Edwin McCain. Lauren, que é fotógrafa especializada em casamentos, contou ao jornal Daily Mail sobre o quanto se emocionou naquele momento. 

“Já registrei milhares de noivas e noivos em sua primeira dança, e fico sempre pensando no que eles podem estar sussurrando um para o outro. Hoje, pude reviver isso ao lado do meu marido. Dançamos de novo, desta vez de pé. Pequenas vitórias como esta são passos gigantes para nós. E eu sou grata por cada uma destas pequenas coisas”, contou.

Image title

Image title

Image title


Fonte: Com informações do R7