Triângulo das Bermudas, entenda como aviões e navios desaparecem lá

Triângulo das Bermudas, entenda como aviões e navios desaparecem lá

Muitos estudiosos estudam até hoje os fenômenos que lá ocorrem

O Triângulo das Bermudas está localizado no arquipélago das Bermudas, entre o estado da Flórida, nos Estados Unidos e a cidade de San Juan, em Porto Rico. Existe ali um triângulo imaginário nas águas do mar do Caribe que registra fenômenos até hoje ainda não totalmente explicáveis.


Já foram mais de 100 aviões e navios que desapareceram nesta região deste o final da Segunda Guerra Mundial, quando cinco aviões da Marinha americana simplesmente sumiram, sem deixar nenhum vestígio.


A principal teoria sustentada por cientistas é que o gás metano que está no subsolo oceânico do Triângulo reduz a capacidade de flutuação de um navio e quando passa por ali, pode simplesmente afundar. Além desse risco, ele também pode provocar explosões ao se chocar com a atmosfera ou também entrar em combustão com faísca de um motor de barco ou avião.


Há também especialistas que discordam dessa teoria e atestam que tratam-se de tempestades que ali ocorrem com maior frequência, até porque uma parte dos naufrágios aconteceram um pouco distante do foco onde cientistas alegam a presença de gás metano.


Existem ainda algumas pesquisas que afirmam que aviões desapareceram na década de 45 simplesmente por falta de combustível e grande parte desses fazem parte da estatística que eleva o número de desaparecimentos na região. Portanto, algo que está fora de algum fenômeno.


Diante de tantas teorias, ainda não há uma explicação 100% embasada que possa afirmar o que ocorre no Triângulo das Bermudas, mas nos desperta bastante mistério e não poderia deixar de figurar aqui no Planeta Curioso.

Fonte: Mundo Curioso