Uso de narguilé aumenta no Brasil e Governo Federal fica em alerta

20 a 80 minutos de narguilé equivale a 100 cigarros.

Mania entre jovens brasileiros, o narguilé tem deixado o governo em alerta para os riscos causados pelo produto similar ao cigarro e que não é levado tão a sério pelos usuários. Uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde mostra que mais de 212 mil brasileiros admitem usar narguilé.

Destes, 53% afirmaram usar o produto esporadicamente, 27% utilizam semanalmente, 13% fumam mensalmente e 7% diariamente. Dos que usam o narguilé todos os dias, 63% possuem entre 18 e 29 anos e 37% estão na faixa etária entre 30 e 39 anos.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, destacou que o uso do narguilé tem uma “glamourização” que atrai os jovens e que passa a impressão de que o produto seria menos agressivo do que o cigarro.

Image title


Chioro destacou que uma sessão de 20 a 80 minutos de uso do narguilé corresponde a fumar 100 cigarros.

“Há uma identificação por parte do Ministério da Saúde, do Inca [Instituto Nacional de Câncer], das secretarias, que essa questão do uso do narguilé vem ganhando uma dimensão que merece uma atenção especial”, disse.

De acordo com o ministro, o narguilé provoca a elevação das concentrações de nicotina na corrente sanguínea, de monóxido de carbono expirado e dos batimentos cardiacos. Além disso, a inalação da fumaça contribui para o desenvolvimento de câncer de pulmão, boca, doenças respiratórias e possibilita a transmissão de herpes, hepatites C e tuberculose.

Fonte: Com informações do R7