Veganismo pode salvar até 8 mi de vidas se for adotado pelo mundo

O principal vilão é a carne vermelha.

Enquanto muitos ainda não sabem o que efetivamente significa Veganismo, que é uma filosofia de vida motivada por convicções éticas com base nos direitos animais, que procura evitar exploração ou abuso dos mesmos, outros milhares aproveitam  os benefícios deste que, além de proporcionar melhor qualidade de vida, ajuda ainda na conversação do planeta.

De acordo com um estudo da Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America, se todas pessoas adotassem o veganismo - que exclui alimentos de origem animal, incluindo carne, ovos, leite e seus derivados -, 8,1 milhões de vidas seriam salvas até 2050.

Segundo dados do relatório, cerca de 7,3 milhões de mortes seriam evitadas e US$ 1,06 trilhão por ano seriam economizados. Além disso, as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) passariam a ser cumpridas e 5,1 milhões de vidas acabariam poupadas.

O principal vilão é a carne vermelha. Sem o item na dieta, 51% das mortes poderiam ser evitadas, segundo a pesquisa.

Carne Verrmelha é o grande vilão
Carne Verrmelha é o grande vilão




Fonte: Com informações do BrasilPost