Veículo mais rápido registrado por um radar andou a 248km/h

Não deu para pegar a placa, nem o modelo, por isso não teve multa.

Em uma noite de março, um carro quebrou um recorde no trânsito de São Paulo. O automóvel passou a 248 km/h por um radar na Marginal Tietê, a maior velocidade já registrada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) na cidade.

O veículo seguia pela pista expressa, sentido Castello Branco, e foi flagrado pelo aparelho depois de passar pela Ponte da Casa Verde, na Zona Norte. A velocidade elevada, associada à falta de iluminação, deixou a fotografia ilegível, segundo a CET. Não foi possível registrar nem a placa, nem o modelo do veículo, e a multa não pôde ser aplicada.

De acordo a companhia, os novos radares, como o que fotografou o carro mais veloz, são capazes de identificar veículos a até 250 km/h, mas a luminosidade e as condições do tempo, como chuva e neblina, influenciam na qualidade da foto.

A velocidade do motorista anônimo é quase três vezes o limite permitido na pista expressa das marginais, de 90 km/h.

Image title

Fonte: Com informações do G1