Voluntários fazem ninhos para ajudar animais em abrigos pelo mundo

Ninhos ajudam animais que estão em reabilitação pelo mundo

A arte do crochê tem ganhado cada vez mais adeptos no Brasil e no mundo, e com isso derrubado várias barreiras de quem acha que ele é só praticado por mulheres e por pessoas mais idosas (inclusive, já mostramos um projeto que ensina tricô e crochê para homens, olha só), ou ainda como essa arte pode adquirir novos significados, como acontece com o trabalho da artista que cria coberturas de crochê para abrigos de pessoas em situação vulnerável na Índia.

E olha que iniciativa bacana: uma canadense chamada Katie Deline-Ray fundou a organização Wildlife Rescue Nests para ajudar centros de reabilitação de animais selvagens de Ontário. Basicamente, ela desenha lindos, confortáveis e adoráveis ninhos para ajudar animais que estão em reabilitação.

Mas, com a ajuda de voluntários, centenas de ninhos puderam ser enviados para mais de 240 centros de tratamento de animais selvagens de 11 países. “Fico incrivelmente feliz em colaborar, mesmo de uma forma pequena, com o grande trabalho que esses centros realizam”, disse Deline-Ray.

Isso só foi possível porque ela criou uma página da iniciativa no Facebook, que oferece moldes e outros recursos para quem tem interesse em fazer ninhos de crochê. Katie também costuma postar regularmente fotos dos ninhos sendo usados por filhotes de corujas, gambás e esquilos. Ou seja, uma fofura sem tamanho que mostra que pequenos gestos podem sim fazer a diferença na vida desses animais.


Ninhos ajudam animais em reabilitação
Ninhos ajudam animais em reabilitação


Ninhos ajudam animais em reabilitação
Ninhos ajudam animais em reabilitação
Ninhos ajudam animais em reabilitação
Ninhos ajudam animais em reabilitação


Fonte: hypeness