Dado diz que Danni Carlos não gosta de tomar banho

A relação parece visivelmente abalada após o carioca ter irritado a caipira do rock

Os inseparáveis Dado Dolabella e Danni Carlos não trocaram sequer uma palavra nesta madrugada de terça-feira. Amigos de outrora em A Fazenda, os dois não escondem o constrangimento causado por uma brincadeira que acabou numa longa discussão entre os dois, na tarde de ontem.

A relação parece visivelmente abalada após o carioca ter irritado a caipira do rock. Ele insinuou que ela não gostava de tomar banho assim como as ovelhas, que naquele momento ganhavam um banho de mangeira.

A "brincadeira boa" do peão aborreceu a roqueira, que se sentiu magoada. Ela ameaçou atacar o companheiro de confinamento, mas desistiu. "Ah, ninguém te conhece! Olha que você tá com fama de... Deixa pra lá. Vou ficar quieta", reprimiu-se Danni, mesmo com a insistência do ator para que ela prosseguisse.

A caipira do rock irritou-se ainda mais após o amigo ator retomar uma outra discussão do passado tida como encerrada pela própria roqueira. É que o peão classificou como "música auto-ajuda" uma das canções feitas pela cantora durante o confinamento.

Dizendo querer "ficar na dela" e permanecer "em paz nas duas semanas que ainda restam" do reality show da RECORD, a cantora tentou encerrar o assunto dizendo "não gostar de brincadeiras nem de pessoas com quem tem mais intimidade". Mas o tema perdurou ainda por muito tempo. "Eu não brinco mais com você", ponderou o ator.

Mais tarde, os dois voltaram a falar sobre a última discussão. O assunto que parecia ter sido encerrado voltou à tona por insistência das argumentações de Dado. Danni voltou a ficar irritada: "Cara, é muito difícil."

O clima entre os dois parecia um tanto quanto azedo ainda na madrugada. Danni fez questão sempre de deixar os cômodos onde o ator estava. Dado foi à cozinha, Danni ficou no quarto coletivo; o peão foi ao dormitório, a roqueira seguiu para a cozinha.

Mas foi enquanto a caipira cortava o cabelo que a situação incômoda ficou mais latente. A roqueira fez questão de ignorar o amigo, que até tentou uma aproximação com o olhar. Contanto, ele não teve sucesso em sua empreitada.

Dado passou então a rondar o lavabo coletivo. Ele estava deitado e levantou-se por duas vezes para ir até onde estava a amiga. Enquanto a caipira cortava o cabelo, o ator voltou e também passou a ignorá-la. Ela parecia nem perceber a presença dele. Calados estavam e calados ficaram.

Fonte: Terra, www.terra.com.br