Danielle Winits decide processar teatro após acidente em peça

Danielle Winits decide processar teatro após acidente em peça

A indenização é pedida ainda para a aposentada Marina Beckman, também defendida por Tancredo.

Danielle Winits vai processar o teatro Oi Casa Grande, localizado no Rio de Janeiro, pelo acidente sofrido em janeiro de 2012, durante apresentação do musical "Xanadu". A atriz também incluirá no processo a empresa Set Cavalheiro FX, responsável pelos efeitos especiais do espetáculo.

Segundo o advogado João Tancredo, o processo será entregue nesta quinta-feira (31) ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Nele, serão pedidas indenizações por danos morais e materiais.

"O dano material refere-se ao dinheiro gasto com medicamentos, médicos e hospital. Já o dano moral tem ligação com o sofrimento causado por um equipamento que não se prestou para a finalidade que estava instalado", explica o advogado de Danielle Winits, ao Purepeople.

A indenização é pedida ainda para a aposentada Marina Beckman, também defendida por Tancredo. Ela foi uma das três pessoas atingidas que estavam na plateia, fraturando uma vértebra.

A quantia pedida de indenização não foi divulgada. "O juiz deve levar em consideração as partes envolvidas. Estamos falando de uma empresa de telefonia poderosa e rica. Ele deve conceder uma indenização exemplar e punitiva para que esse tipo de situação não volte a acontecer", diz o advogado.

De acordo com Tancredo, Danielle Winits optou pelo processo dois anos e meio após o acidente porque só agora amadureceu a ideia. "A ação gera um desgaste, tem que ir ao escritório do advogado, ao julgamento, há muita expectativa em torno da decisão", pontua.

"Isso deixa a pessoa na dúvida, mas ela entendeu que agora não tem jeito. Terá que entrar com a ação porque é um direito seu", completa. O ator Thiago Fragoso, que também se acidentou no espetáculo já deu entrada em um processo judicial.

A reportagem entrou em contato com o teatro Oi Casa Grande e a casa de espetáculos informou que não irá se manifestar sobre o assunto. Purepeople também tentou falar com a empresa Set Cavalheiro FX, mas seus representantes não foram localizados.

Relembre o acidente

Danielle Winits e Thiago Fragoso se acidentaram em 28 de janeiro de 2012 durante a apresentação do musical "Xanadu". Eles caíram de uma altura de mais de quatro metros durante uma cena de voo. Os cabos pelos quais os atores estavam suspensos se romperam.

A atriz sofreu um corte no lábio inferior e ficou com hematomas pelo corpo. Já seu parceiro em cena quebrou cinco costelas, sofreu uma perfuração do diafragma e passou 17 dias internado, após uma cirurgia.

Thiago se machucou mais porque, na queda, projetou seu corpo de forma para amortecer a queda de Danielle. Durante o acidente, o público presente chegou a pensar que o ocorrido fazia parte do espetáculo.

A investigação policial foi conduzida pela 14ª DP (Leblon), que indiciou por lesão corporal culposa (quando não há intenção) o empresário Heitor Cavalheiro, dono da Set Cavalheiro FX, e Cora Cavalheiro Prazeres, técnica que operava os cabos usados no voo cênico.

Fonte: Pure People