Datena e Record não chegam a acordo sobre multa de R$ 30 mi

Datena saiu da Record pouco tempo após chegar na emissora.

Foi adiado para 4 de janeiro a decisão sobre o processo entre José Luiz Datena e a Record, de acordo com informações da coluna Zapping, do jornal Agora São Paulo, desta quinta-feira (1º). Na tarde desta quarta-feira (30) ocorreu a primeira parte do julgamento, onde dois juízes votaram a favor da emissora e o terceiro pediu vistas do processo.

Caso o terceiro juiz vote a favor da emissora, Datena terá que pagar uma multa de até R$ 30 milhões. Para isso, a Record pede a penhora de alguns bens do apresentador que hoje está na Band.

O relator do processo é o desembargador Paulo Pastores Filho.

Relembre o caso:

Em junho deste ano Datena rescindiu seu contrato com a Band e assinou com a Record por cinco anos. Pouco mais de um mês depois, o apresentador anunciou a sua volta para o Brasil Urgente, alegando que estava sofrendo censura na emissora de Edir Macedo.

Fonte: Agora São Paulo