Deborah Secco nega ter exigido menos cenas de sexo em "Surfistinha"

Deborah Secco teria demorado a aceitar papel da prostituta

O filme "Bruna Surfistinha - O Doce Veneno do Escorpião" terá poucas cenas de sexo. Segundo o "Diário de S. Paulo", Deborah Secco teria demorado a aceitar papel da prostituta, pois queria garantias de que boa parte das cenas de sexo seriam cortadas.

Procurada pelo EGO, a assessoria de Deborah nega que ela tenha feito tal imposição. "Ela nunca faria um filme pornô, mas não exigiu que cenas de sexo fossem cortadas", afirmou a assessoria.



Fonte: Ego, www.ego.com.br