Depois de 18 anos, posso tirar terno, diz Zeca sobre Vídeo Show

Depois de 18 anos, posso tirar terno, diz Zeca sobre Vídeo Show

Mesmo com a saída do terno do armário, Zeca garantiu que o visual não será muito ousado.

Zeca Camargo está em um momento de mudanças desde que estreou nesta segunda-feira (18) à frente do "Vídeo Show". Em entrevista ao site do programa "Mais Você", o apresentador confessou que uma das mudanças mais significativas diz respeito ao vestuário. "Depois de 18 anos, posso tirar o terno", comemorou o apresentador, que ficou durante este período no comando do "Fantástico".

Mesmo com a saída do terno do armário, Zeca garantiu que o visual não será muito ousado. "Eu não posso ser muito diferente do que eu me vestiria. Não vou colocar jaqueta de couro, ser todo molecão (sic)... É um visual bem informal, bonito, a gente mexe mais com cores, pois é um programa do dia. Já o "Fantástico" é à noite, tem outro tom, uma outra atmosfera. Um programa que é de dia é gostoso, é mais solto, é como se estivesse saindo da rua e entrando no estúdio para fazer o programa", explicou ele.

Ainda durante o papo, Zeca falou sobre as mudanças em sua rotina de "vida dupla"; ele tem residência no Rio e em São Paulo. "Tem 18 anos que eu tenho uma vida dupla. Eu moro no Rio e em São Paulo, mas, efetivamente, nos últimos seis anos, eu tenho um endereço no Rio. Já estou integrado, aproveitando a cidade. O que acontece é que o calendário vai mudar um pouquinho: eu ficava aqui (no Rio) entre quinta e segunda-feira e agora vou ficar mais no meio da semana, por conta do "Vídeo Show"", detalhou Zeca.

Quando o assunto foram os 50 anos, Zeca garantiu que encarou a nova idade com bom humor. "Mudou só no meu currículo que, agora, em vez de colocar 49 eu boto 50, o resto está tudo ótimo. Não é que você vai dormir no dia 7 de abril e vai acordar no dia 8 totalmente diferente. É engraçado... Eu acho que envelhecer é perder a curiosidade, mas a gente pode perder a curiosidade com 15, 20 anos. Eu acho que consegui manter essa curiosidade esse tempo todo", pontuou.

Fonte: UOL