Diretor de 'Tim Maia' recomenda não assistir versão exibida pela Globo

O diretor de Tim Maia , Mauro Lima, por meio de uma rede social, classificou a nova versão de “subproduto”.

A versão do filme “Tim Maia”, que foi exibida pela TV Globo em dois capítulos, parece não ter agradado. O diretor de Tim Maia , Mauro Lima, por meio de uma rede social, classificou a nova versão de “subproduto”.


“Aos seguidores que não viram Tim Maia  no cinema sugiro que não assistam essa versão que vai ao ar hoje e amanhã na Globo. Trata-se de um subproduto que não escrevi daquele modo, nem dirigi ou editei", escreveu Mauro.

A Globo incluiu depoimentos inéditos, cortou cenas importantes e até modificou ordem dos acontecimentos para favorecer o ponto de vista proposto pela emissora. O principal alvo foi a relação de Tim com Roberto Carlos. No livro escrito por Nelson Motta, o "Síndico" é ignorado por Roberto, que estourava em todo o Brasil, quando vai atrás dele pedir ajuda para chegar ao sucesso.

No filme, um depoimento inédito foi incluído, onde o ator Babu Santana, na pele de Tim, diz que "foi assim que Roberto Carlos lançou o gordo mais querido do Brasil"

Fonte: Terra