Doda disse que custou a acreditar na morte de Cibele Dorsa

Cibele Dorsa caiu da janela de seu apartamento no 7º andar, no bairro Real Parque, em São Paulo, em março

Álvaro Affonso de Miranda Neto, o Doda, disse que custou a acreditar na morte da ex-companheira, a atriz Cibele Dorsa. "Custei a acreditar, ou melhor, não queria acreditar", contou Doda à revista "Contigo".



Ele falou ainda sobre como foi dar a notícia aos filhos dela Viviane, 11, e Fernando, 14, que moram com ele. Fernando é fruto da união dela com o empresário Fernando Oliva, 54. "Esse foi o dia mais difícil da minha vida, sem dúvida."

Cibele Dorsa, 36, caiu da janela de seu apartamento no 7º andar, no bairro Real Parque, em São Paulo, em março.

Doda comentou ainda a ausência de Cibele como mãe: "Para a Vivi a mãe sempre foi mais uma referência de maternidade biológica que propriamente "mãe", considerando a distância de nossas casas e o fato da Cibele raramente visitá-la, mesmo com todas as despesas de viagem pagas."

Segundo ele, a última vez em que elas se encontraram foi em agosto do ano passado, em evento promovido por ele e a mulher, a milionária Athina Onassis, no Rio. "Combinamos que ela ficaria quatro dias hospedada [com a família], mas, infelizmente ela chegou no penúltimo dia e passou só 20 minutos com Vivi."

Fonte: Folha.com