Dramaturgo segue em UTI, em estado grave

Ele foi submetido a uma cirurgia na noite ainda no sábado para estancar uma hemorragia interna

O hospital Santa Casa de Misericórdia de São Paulo informou na manhã desta segunda-feira que o estado de saúde do dramaturgo Mário Bortolotto permanece grave, mas estável. Ele continua na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital.

Ato público faz homenagem Mário Bortolotto

Bortolotto está internado desde a madrugada de sábado após ser baleado com quatro tiros durante um assalto no bar dos Parlapatões da praça Roosevelt, no centro de São Paulo. O ilustrador conhecido como Carcarah, 30, também foi atingido com três tiros na perna.

De acordo com a assessoria da Santa Casa, Bortolotto foi submetido a uma cirurgia na noite ainda no sábado para estancar uma hemorragia interna e verificar a existência de outros projéteis que poderiam estar alojados no corpo do dramaturgo. Ele já havia passado por uma cirurgia na manhã do mesmo dia. Não há previsão de alta.

Crime

O dramaturgo e o ilustrador estavam no bar do Espaço Parlapatões com um grupo de cerca de 30 pessoas, que haviam assistido à peça "Brutal", de Bortolotto, quando dois homens, um deles armado, entraram no local e anunciaram o assalto às 5h30.

"Foi muito de repente, nem vi de onde eles surgiram. Sempre vou nesse bar e nunca vi nada semelhante acontecer", disse. Os criminosos pediram dinheiro e celulares e agiam com violência, de acordo com o ilustrador.

Bortolotto reagiu depois que o assaltante armado agrediu com uma coronhada a atriz Guta Ruiz, sua amiga. Carcarah, então, tentou ajudar o dramaturgo e acabou baleado. Após os disparos, os criminosos fugiram.

Nascido em Londrina em 1962, Bortolotto, diretor e ator paranaense vive em São Paulo desde os anos 1990. Fundador do Grupo Cemitério de Automóveis, escreveu e dirigiu várias peças de teatro. Venceu o prêmio Shell de melhor autor de peça teatral com "Nossa Vida Não Vale um Chevrolet", em 2001.

Ele também gravou um disco com a banda Saco de Ratos e publicou um livro com o título "Atire no Dramaturgo", baseado em textos do seu blog, com o mesmo nome.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br