Duas crianças ajudam sua mãe a dar à luz

Duas crianças ajudam sua mãe a dar à luz

Ele contou que seus filhos foram "brilhantes demais" para a idade deles.

Quando Alana Sanders deu à luz seu quarto filho, ela não teve a ajuda de uma equipe hospitalar, mas sim de seus outros filhos, de 11 e 9 anos.

Alana entrou inesperadamente em trabalho de parto em sua casa, na cidade californiana de Fremont, e foi forçada a pedir ajuda para sua filha Faith e seu filho Jabari, depois de ter dado à luz no banheiro.

O pai, Geoffrey, disse que havia saído de casa para trabalhar durante a madrugada e não estava em casa na hora que o bebê chegou, no último dia 9.

Ele contou que seus filhos foram "brilhantes demais" para a idade deles.

"Sou um pai orgulhoso", disse. "É muito bom saber que estamos fazendo alguma coisa certo."

Alana, de 36 anos, disse que seus filhos se mantiveram calmos durante o parto.

"Eles não fraquejaram. Eles não brigaram um com o outro", disse a mãe a um jornal local.

Os meninos ligaram para o telefone de emergência e intermediaram a conversa entre sua mãe e a atendente.

"Ela começou a sangrar", disse Jabari a certa altura.

Nesse ponto, sua mãe chorou.

"O bebê já nasceu", ele disse, e logo a criança começou a chorar.

Faith então pegou o telefone e, seguindo as instruções, enrolou o bebê com uma toalha limpa e dá um nó no cordão umbelical com um laço de sapato, a cerca de 10 centímetros do corpo do bebê.

"Você fez um grande trabalho", disse a atendente, na hora que os paramédicos chegaram à casa.

Alana e o recém-nascido, Joseph, foram levados ao hospital Saint Rose, em Hayward. O garoto nasceu saudável, com pouco mais de quatro quilos, disse o pai.

A menina, Faith, disse que a experiência foi emocionante. "Geralmente nunca acontece nada", contou. "É sempre a mesma coisa de sempre".

Jabari afirmou que o nascimento foi "legal e bizarro".

Fonte: g1, www.g1.com.br