Em biografia, Gretchen revela que apanhava do pai que era alcoólatra

No livro, previsto para ser lançado em 2015, a morena ainda revelou que teve mais de 17 maridos, como foi mencionado na mídia durante anos.



Apesar de Gretchen não esconder nada sobre seu passado, há muita coisa da vida da ex-dançarina que ainda não foi divulgada.

Em ?Gretchen, a biografia? - título provisório do livro autorizado da artista -, a eterna Rainha do Bumbum revelou que apanhava do pai alcoólatra, o vendedor de imóveis Mário.

?Ele era alcoólatra. A mãe [Maria José] dela apanhava, e ela tentava proteger a mãe. Até o momento em que ela cresceu e os dois começaram a se engalfinhar mesmo. Ele tinha uma grande paixão por ela, mas, ao mesmo tempo, tinha esse lado: quando ele bebia, se transformava?, contou Gerson Couto, um dos autores da obra.

E completou: ?A Gretchen nunca falou disso, e a história é tão forte que vai ganhar um capítulo especial, de número zero?.

Gretchen ainda disse que a má relação que tinha com o pai foi curada com o tempo.

?Nunca teve uma ruptura total nem um acolhimento total. Eles continuaram nesse processo de relacionamento intenso, até o fim. Ela foi visitá-lo quando ele estava no hospital, antes de ele morrer de câncer. O tempo fez com que Gretchen superasse essa mágoa?, acrescentou Couto.

No livro, previsto para ser lançado em 2015, a morena ainda revelou que teve mais de 17 maridos, como foi mencionado na mídia durante anos.

?Ela teve outros romances que não descobriram. Há uma relação com uma pessoa conhecida, em específico, que vai deixar muita gente chocada?, adiantou Fábio Fabrício Fabretti, que assinará a obra junto com Gerson.

Fonte: msn