Em nova fase, Wanessa diz que adora o público gay

Um dos últimos sucessos de Wanessa, o single Falling for U, tem bombado nas pistas de danças

A próxima grande apresentação da cantora Wanessa será na badalada boate The Week, no Rio de Janeiro, na sexta-feira, 19, e promete trazer muitas novidades aos fãs.

Além do set list conter as novas canções, Stuck on Repeat e Party Line, o palco em que a bela vai se apresentar terá painéis de LED de última geração, produzido pelas mesmas empresas responsáveis por grandes shows internacionais como de Madonna e Beyoncé.

Um dos últimos sucessos de Wanessa, o single Falling for U, tem bombado nas pistas de danças das mais frequentadas casas noturnas de São Paulo e do Rio de Janeiro, principalmente entre o público GLBT. O Portal CARAS foi atrás da cantora para saber o que ela acha da nova fase de sua carreira e da repercussão de suas canções no meio gay. "Eu adoro o público gay! Para mim é uma honra", disse a bela, que afirmou ainda estar "muito feliz" com essa nova fase de sua carreira.



Veja a entrevista exclusiva completa com Wanessa:

- Desde o começo da sua carreira até hoje seu estilo musical mudou bastante. Quando você acha que sua carreira deu essa "virada"?

- Sempre procurei cantar canções que me identifico, logicamente hoje sou diferente da mesma Wanessa de 10 anos atrás, quando iniciei minha carreira. Amadureci pessoal e profissionalmente. Minha carreira acompanhou essa evolução

- Você está satisfeita com essa nova fase, a "nova" Wanessa?

- Fico muito feliz com essa nova fase, as pessoas estão curtindo muito esse novo trabalho desde Fly, que gravei com rapper Ja Rule. A música teve boa aceitação e tocou muito no exterior. Falling for U, Worth It, Stuck on Repeat e Party Line, que são as novas canções, lançamos no music ticket, uma espécie de cartão que dá a oportunidade dos usuários baixarem essas músicas em excelente qualidade em qualquer computador. Estamos preparando novas canções para o próximo CD. Quero fazer um trabalho para as pessoas cantarem, dançarem e se divertirem.

- Suas músicas fazem supersucesso nas baladas, principalmente nas com público GLBT. O que você acha disso? Acredito que é um público mais animado e ao mesmo tempo exigente, não? Como lida com essa receptividade?

- Eu adoro o público gay, são exigentes e tem sempre muito bom gosto. Foram muito receptivos em meus shows e estão adorando a música Falling for U, que ocupa os primeiros lugares nas paradas GLBTs, o que é uma honra para mim.

- Quando decidiu começar a cantar em inglês? Pensa em fazer uma turnê internacional?

- Na verdade eu canto em inglês desde o primeiro CD, morei nos Estados Unidos, cantei em coral lá e sempre tive facilidade com o inglês. Adoraria fazer uma turnê fora do Brasil, mas a logística é muito grande, hoje me apresento com uma estrutura muito grande com banda, bailarinas, etc.

- Suas performances no palco são sempre inovadoras e irreverentes. Fora seus figurinos que são lindos! Você faz aulas de dança ou improvisa? É você quem escolhe o que vai vestir?

- Faço aulas de dança, ensaio coreografias e procuro usar figurinos que me deixem confortável no palco. Tenho uma pessoa que cuida do meu visual que é o Luis Fiod, da Agência Mint, mas dou sempre opiniões.

- E o maridão, Marcus Buaiz, não tem ciúme do assédio dos fãs?

- Marcus entende meu trabalho e sempre me incentiva em tudo. Os fãs gostam muito dele também.

Fonte: Caras