Em resposta à Record, Datena critica emissora no seu Brasil Urgente

Em resposta à Record, Datena critica emissora no seu Brasil Urgente

Jornalista afirma que a nota da emissora é mentirosa e que não vai mais falar sobre o assunto em respeito aos ex-colegas.

José Luis Datena desmentiu os termos da nota divulgada pela Record na manhã desta quarta-feira (30). O apresentador, ao vivo durante seu programa Brasil Urgente, da Band, se mostrou indignado. O jornalista chamou a nota de mentirosa e que não vai discutir com a emissora através da imprensa e sim na Justiça.

Após um mês da saída repentina de Datena da Record, voltando para a Band, a Rede Record divulgou uma nota, nesta quarta-feira, afirmando que a emissora nunca o censurou e que foi o próprio jornalista que pediu para volatr a trabalhar no canal de Edir Macedo.

Durante o desabafo, Datena atacou o vice-presidente de Jornalismo do Grupo Record, Douglas Tavolaro, dizendo ter sido ele quem insistiu para que mudasse de emissora, e brincou:

?O cara me procurava na minha casa, mais do que a minha mulher!!!?

Datena voltou a afirmar que foi censurado e que não tinha condições de trabalho na Record. Ele ainda disse que o repórter aéreo, Comandante Amilton, é uma das testemunhas do que aconteceu na Record e era só procurá-lo.

O jornalista terminou dizendo que não quer mais falar sobre o assunto, por respeito ao bispo Edir Macedo, e também pelos colegas que trabalharam com ele. Mesmo assim, ameaçou:

?Mas se continuar com isso. Eu vou acabar perdendo o respeito e vou falar tudo o que está na minha cabeça.?

Datena ficou na Record durante de 43 dias, tendo saido no mês passado, em sua segunda passagem pela emissora de Edir Macedo. Ele apresentou o programa Cidade Alerta, que era exibido de segunda-feira a sexta-feira, em rede nacional.

Fonte: O Fuxico