Era para eu ter morrido, diz modelo após acidente de moto

Era para eu ter morrido, diz modelo após acidente de moto

Integrante do reality show Casa Bonita está internada em Porto Alegre.

Ainda muito machucada e com dores no corpo por causa do grave acidente de moto em Capão da Canoa, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, a modelo Cris Lopes deu entrevista no final da manhã desta quarta-feira (16) no terceiro andar do Hospital São José, no Complexo da Santa Casa, em Porto Alegre. Sempre com o telefone celular em cima do corpo - que tocou ao menos cinco vezes durante a entrevista -, a modelo relatou o alívio por ter sobrevivido a colisão que, segundo ela, foi em alta velocidade. "Era para eu ter morrido", conta, emocionada.

Cris se acidentou de moto na noite de sexta-feira quando ia da casa do pai, em Arroio Teixeira, para a residência da mãe, emCapão da Canoa. "Eu estava andando muito rápido, não tinha movimento na rua. Uns meninos de bicicleta atravessaram na minha frente e eu tentei desviar. Acho que eu estava a uns 80 km/h, não menos que isso". A motocicleta colidiu contra um poste, ela caiu e bateu com a cabeça no chão. "Depois do acidente me lembro que minha madrasta me ligou e disse que orou por mim durante a madrugada. Foi Deus quem me estendeu a mão".

A motocicleta do acidente era do pai, José Gilmar da Silva, que a vendeu para a filha na semana passada, quando ela veio de São Paulo, onde reside, para visitar a família. Era a primeira vez que Cris circulava com ela. Agora, a modelo diz que nunca mais vai andar de moto. "Não quero nem pensar em moto, muito menos andar. Não vou nem de carona, nunca mais".

Cris Lopes tinha alcançado a fama recentemente, uma das coisas que mais almejava na carreira de modelo. Depois das gravações de ?Casa Bonita?, do Multishow, ela aguardava participação em um outro programa do canal, o ?Vida de Mallandro?, estrelado por Serginho Malandro. Além disso, Cris também tinha um projeto para ser apresentadora de um programa esportivo. ?Quando eu sair daqui (do hospital) eu vou ver como vai ficar tudo isso. Quero continuar minha carreira. Foi complicado chegar onde eu cheguei?, afirma.

A modelo passará por uma cirurgia na tarde desta quarta-feira para corrigir fraturas no rosto. A alta dela, segundo os médicos, é estimada em três semanas. Mas o risco de ficar paraplégica ficou para trás. Cris Lopes se movimenta bem e a equipe médica do hospital descartou qualquer possibilidade de paralisia. ?Ainda bem que isso passou. Fiquei muito assustada?.





Fonte: G1