Escola de Samba "põe fogo" no Anhembi: Águia de Ouro mostra mulheres seminuas no banho; fotos

Escola de Samba "põe fogo" no Anhembi: Águia de Ouro mostra mulheres seminuas no banho; fotos

A comissão de frente, intitulada "África, o berço da humanidade", mostrou o oráculo do fogo

As cores laranja e vermelho tomaram conta do Anhembi. Com o enredo Com todo o Gás, a Águia de Ouro é fogo, a escola da Pompeia, fundada em 1976, contou a importância do fogo desde a sua descoberta. Ao todo, desfilaram 3,8 mil componentes, distribuídos em 23 alas e cinco carros alegóricos. A escola foi a segunda a entrar na avenida no segundo dia de desfiles em São Paulo.

A comissão de frente, intitulada "África, o berço da humanidade", mostrou o oráculo do fogo. Os dançarinos representam os primeiros homens a manusear o elemento. E já que a escola trata da importância do fogo, ele não podia estar fora de sua apresentação. O carro abre-alas levou, em suas laterais, painéis de LED com imagens de chamas e, no topo, um ponto que soprava colunas fogo.

A inquisição também foi lembrada no desfile da Águia. O carro "Idade Média - Inquisição" colocou na avenida magos, torres da igreja, uma anjo azul de braços abertos e o Papa Pio XIV, como destaque. Uma ala só de bruxas também faz referência ao período.

Os tempos modernos também marcaram presença. O quarto carro alegórico demonstrou o gás encanado com mulheres nuas no chuveiro, dutos e canos. Já o quinto e último carro veio decorado com uma grande águia dourada e o deus da natureza como protetor das florestas.

Com plumas vermelhas e amarelas, a ala "Salamandra" foi para a avenida representando o réptil resistente ao fogo. E como não é sómente o fogo que queima, a Águia desfilou a ala "Pimenta Malagueta".

Sabrina Boing Boing, destaque da agremiação, foi para a avenida com uma novidade. Este ano a musa desfila vestida. Já Valesca Popozuda, que é rainha da bateria, vestiu uma fantasia repleta de pedras e cristais.

Aos exatos 60 minutos - e dentro do tempo estipulado -, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Águia de Ouro finalizou sua passagem pela avenida so samba. Ao fechar dos portões, componentes e membros da diretoria comemoravam a apresentação que não foi surpreendida com nenhuma adversidade.

Histórico:

A escola foi fundada em 1976. Inicialmente, era formada pela associação dos jogadores do "Faísca de Ouro" e dissidentes da Pérola Negra. O primeiro ensaio da escola, foi realizado na Vila Madalena, em seguida passaram para a Vila Anglo-Brasileira e, por fim, atualmente a festa acontece na Vila Pompéia.

Presidente: Sidnei Carriuolo Antônio

Carnavalesco: Sergio Caputo, Cláudio Cavalcante, Carlos Fernandes (Shangai) e Bety Trindade

Intérprete: Serginho do Porto

1º casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira: João Carlos e Lais Moreira

Rainha da Bateria: Valeska Popozuda

Posição no Carnaval de 2010: Campeã do Grupo de Acesso





















Fonte: Terra