Estação Ferroviária de Timon terá Sarau com atividades culturais

O sarau "Estação das Flores" aocntecerá nesta quinta em Timon

Image title

Será realizado nesta quinta-feira (22), a partir das 19h, o sarau "Estação das Flores˜, na estação rodoviária do município de Timon-MA. O evento é um movimento de ocupação com atividades culturais no local que está ocioso e o objetivo é de realizar ações que envolvam a comunidade.

A idealização do evento é proposto por por produtores independentes, envolvendo artistas, grupos culturais, coletivos e comunidade. Durante o Sarau acontecerá apresentações musicais, declamação de poesias, exposição e telas serão grafitadas ao vivo por artistas que colaboram com o movimento.

Haverá ainda a pintura de uma geladeira que será transformada em biblioteca livre que tem por objetivo incentivar a leitura. O material será doado para a comunidade e quem tiver interesse em doar procure a organização do evento ou leve um livro para o sarau.

Atualmente a estação está praticamente abandonada e por lá só trafegam trens cargueiros. O prédio pertence à União e é de responsabilidade do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN e hoje encontra-se inativo. “O local tem valor histórico e faz parte da memória afetiva das pessoas da cidade e se encontra em uma comunidade carente”.disse Carla Senna, uma das organizadoras  do evento.

Segundo Carla Senna, uma das idealizadoras e organizadoras do evento, a ocupação cultural "Estação das Flores" não possui financiamento e está iniciando de forma independente. “As ações e atividades relacionadas à ocupação cultural estão sendo desenvolvidas de forma autônoma e independente, não sendo financiada ou guiada por qualquer partido político ou gestão governamental”, explica.

A ocupação que iniciará suas atividades hoje realizará ações durante a semana, com saraus nas quintas-feiras e nas terças-feiras momentos especiais para as crianças como contar histórias, teatro e  cinema.

“Pretendemos ocupar o espaço e dar a comunidade oportunidades culturais próximo as suas residências e aproveitar a melhor forma o predio da estação e os espaços disponíveis na cidade. O projeto de ocupação será elaborado em consonância com a realidade local, tendo como foco a abertura de diálogo e ação com a população do entorno”. Ressaltou Liana Santana uma das idealizadoras do evento.

Image title

Geladeira transformada em Biblioteca Livre. 

Grafitada por W.G.

Fonte: Portal MN