Estradas federais tiveram 117 mortes no fim de semana

Número foi contabilizado pela Polícia Rodoviária em todo o país entre sexta e domingo

Entre a 0h da sexta-feira (24), véspera de Natal, e as 23h59 de domingo (26), a Polícia Rodoviária Federal registrou 117 mortes (47 no dia 24, 30 no dia de Natal e 40 no dia 26) nos 1.884 acidentes ocorridos nas estradas federais do país.

O número de feridos foi de 1.361 e chegou a 173 a quantidade de motoristas detidos por embriaguez ao volante entre os 11.514 testes realizados, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal). O balanço foi divulgado na manhã desta segunda-feira (27) no site da PRF.

A polícia também informou que entre sexta e domingo foram aplicadas 33.374 multas ? uma a cada 8 segundos - e 426 Carteiras Nacionais de Habilitação foram recolhidas. No período, 87 pessoas foram presas em flagrante, por motivos diversos.

De acordo com a PRF, houve aumento do tráfego nos principais corredores viários do país após as 16h de domingo, e o tempo ficou instável no Estado de São Paulo.

O maior número de acidentes, mortos e feridos ocorreu no dia 24, véspera de Natal. Foram 793 acidentes no dia 24 com 47 mortos. No dia 25, o número de acidentes foi 451 com 30 mortos e no dia 26 foram 640 acidentes com 40 mortos.

2010

Para a Polícia Rodoviária, o número de acidentes no Natal de 2010 é considerado alto, e segue os níveis registrados durante todo o ano, como explica o inspetor Alexandre Castilho, assessor nacional de comunicação da PRF.

- Existe uma média alta de acidentes que tem se mantido elevada em 2010 em virtude do aquecimento econômico. 2010 foi um ano de muitos acidentes, porque há mais pessoas viajando, há mais pessoas comprando carros, há mais carga sendo transportada, com o aumento da demanda pelo consumo. E o Brasil não tem alternativa para o transporte rodoviário.

Castilho ressaltou ainda que este ano houve um número alto de acidentes no dia 24, uma sexta-feira.

- Este ano a saída para o feriado foi pior, porque muita gente só pôde viajar após o meio-dia de sexta. E coincidiu com chuva no Centro-oeste e no Sudeste, que aliada à pressa dos motoristas resultou em números piores na véspera do Natal.

Ano passado

De acordo com a PRF, não é possível comparar os números deste ano com os do ano passado, quando a operação durante o Natal teve cinco dias (foi feita entre os dias 23 e 27, em função do feriado ser prolongado). Em 2009, foram 149 mortos e 2.019 feridos em 2.955 acidentes registrados.

Mas, se for feita uma média por dia, em 2009 foram 29,8 mortos por dia nas estradas, enquanto em 2010 a média ficou em 39 mortos.

A Operação Fim de Ano da Polícia Rodoviária Federal começou na sexta-feira do dia 17 e vai até as 23h59 do dia próximo domingo (2).

Fonte: R7, www.r7.com