Estudante poderá fazer 2 opções de curso em etapa única no novo SISU

O candidato, na hora da inscrição, poderá fazer duas opções de vaga em instituição, curso, turno e modalidade de concorrência.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira (18) as novas regras do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) para instituições de ensino superior e alunos. As mudanças já tinham sido anunciadas pela secretaria de Educação Superior, Maria Paula Dallari Bucci, na última semana.

De acordo com a portaria publicada no Diário Oficial da União, o candidato, na hora da inscrição, poderá fazer duas opções de vaga em instituição, curso, turno e modalidade de concorrência. Alterações só poderão ser feitas durante o período de inscrição. Na primeira versão, o candidato podia fazer uma opção de curso em cada uma das três etapas independentes de seleção.

Agora, encerrada a fase de inscrição, os candidatos serão classificados na ordem decrescente das notas nas opções de vaga para as quais se inscreveram, de acordo com o limite de vagas disponível na instituição participante do SiSU e a ordem de opções.

Após a distribuição das vagas, estudantes que forem aprovados em primeira opção não irão mais poder voltar à lista, como ocorreu no ano passado. Já aqueles que forem aprovados em segunda opção, podem tentar vaga novamente para a primeira opção.

Quem não for selecionado poderá constar da lista de espera para o curso que efetuou inscrição. Para isso, deverá manifestar interesse.

Segundo Maria Paula, as inscrições para o SiSU ocorrerão entre 10 e 14 de junho deste ano. O processo ocorrerá no mesmo período das inscrições do Programa Universidade para Todos (ProUni).

A primeira chamada do SiSU será feita em 17 de junho, com matrícula em 21 e 22 de junho. Depois disso, virá a segunda chamada, em 26 de junho, e a terceira, em 7 de julho. A divulgação da lista de espera, que unificará as listas de vestibulandos universais e de ações afirmativas, ocorrerá em 19 de julho.

As universidades públicas já começam a se cadastrar no SiSU para o oferecimento de vagas, segundo o MEC.

Fonte: Assessoria