Estudo sugere que ser humano só tem um tipo de inteligência

O grupo analisou a relação entre as diferentes espessuras do córtex cerebral de 200 jovens

Um estudo ainda não publicado feito por um grupo de pesquisadores científicos da Espanha, Canadá, Reino Unido e Estados Unidos sugere que o ser humano só possui um tipo de inteligência geral, contrariando teorias de que o ser humano possui vários tipos de inteligência, segundo reportagem do jornal El País publicada neste sábado.

O grupo analisou a relação entre as diferentes espessuras do córtex cerebral de 200 jovens de seis a 18 anos e suas performances intelectuais ao passar por testes verbais, espaciais, visuais e numéricos, de acordo com o diário espanhol. Os cientistas acreditam que o córtex pode indicar a densidade e disposição dos neurônios no sistema nervoso.

O estudo concluiu que, descontada a influência de uma capacidade intelectual geral, medida por um indicador, as habilidades específicas dos jovens desaparecem. A pesquisa indica que é mais provável, por exemplo, que alguém com extrema facilidade para cálculos matemáticos tenha também aptidão para outras áreas, do que a hipótese de que essa pessoa possa ter desempenho completamente insuficiente em outras, como observado em certos casos de pessoas consideradas geniais.

Fonte: g1, www.g1.com.br