"Eu não sou tão boa", diz Cyrus à jornal depois de polêmica no VMA

Ela ainda ressalttou em entrevista ao "Sunday People" que "todo mundo faz burrice quando está confuso".

Miley Cyrus decidiu falar sobre a sua polêmica apresentação durante o VMA. Em entrevista ao jornal "Sunday People" ela não falou sobre a apresentação, mas admitiu ter vários problemas. "Eu sou confusa... Eu tenho tantos problemas", disse. "Sou tão ferrada... Todo mundo faz burrice quando está confuso", completou.



Porém, ela não mostrou arrependimento pela performance. O empresário dela já declarou que a cantora "não poderia estar mais feliz" com o que fez no VMA. "Eu não tenho uma vida normal. Durante a série, eu acho que as pessoas sabiam que eu estava atuando. Eu nunca consegui esconder nada, sou um pouco como Justin Bieber. Outros que estiveram em programas infantis tentaram agir como se fossem os personagens deles, mas eu não sou assim. Eu nunca fingi que era tão boa quanto o Disney Channel dIzia... Você ficaria espantado com alguma notas que eu tive... É uma loucura. Mas eles são capazes de fazer as pessoas não crescerem", disse.

Entenda o caso

Miley Cyrus surpreendeu os fãs na noite de domingo, 25, ao se apresentar como uma das atrações do Video Music Awards, o VMA, maior premiação musical dos Estados Unidos. A cantora apresentou o hit "We can"t stop" dançando sensualmente e, após uma coreografia ousada, tirou o body que vestia, ficando apenas com um conjunto de top e calcinha.

Em seguida, ela fez um dueto com Robin Thicke na canção "Blurred lines" e foi ainda mais ousada, rebolando no colo do rapaz e tirando uma casquinha de Thicke. Mais cedo ela já havia chamado a atenção pelo look transparente que escolheu para atravessar o tapete vermelho. Este ano, a cerimônia voltou a acontecer em Nova York e o palco da comemoração foi o Barclays Center, no Brooklyn. A cerimônia marcou os 30 anos da premiação.

Fonte: EGO