Ex-Charlie Brown Jr é ouvido pela PF em Manaus após confusão em voo

Advogada informou que senhora diz ter sido assediada por músico


Ex-Charlie Brown Jr é ouvido pela PF em Manaus após confusão em voo
O guitarrista da banda A Banca, Thiago Castanho, prestou depoimento à Polícia Federal no Amazonas na tarde deste sábado (20) após se envolver em uma confusão em voo da TAM vindo de São Paulo para a capital amazonense. Uma senhora de 70 anos alega ter sido assediada pelo ex-integrante da banda Charlie Brown Jr., que está em Manaus para show da turnê "Chorão Eterno", em homenagem ao vocalista do grupo morto em março deste ano.

De acordo com a advogada Lana Sampaio, a idosa viajava para Manaus fazendo o traslado do corpo da irmã, que morreu em São Paulo, e estava sentada ao lado do guitarrista quando, segundo a suposta vítima, Thiago teria "passado a mão" nela. A idosa teria reclamado e uma aeromoça, que teria visto o suposto assédio, conduziu a idosa a outra cadeira no mesmo voo.

Ao chegar a Manaus, Thiago foi conduzido à sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos sobre o caso. Contatada pelo site, a Polícia Federal no Amazonas não se pronunciou a respeito da ocorrência.

A assessoria da banda A Banca confirmou o caso e afirmou que Thiago não chegou a ser detido. Segundo a assessoria, o guitarrista e a senhora discutiram durante o voo e o músico seguiu para a Polícia Federal somente para esclarecer a situação. Após depoimento, Thiago foi liberado.

Fonte: G1