Ex-Record, ator de Salve Jorge diz: “A Globo é muito maior”

Assim é Sacha Bali, o ator que acaba de estrear na Globo, após seis anos de trabalho na Record

Ele está no meio de um elenco que conta com nomes de peso como Rodrigo Lombardi, Flávia Alessandra, Carolina Dieckmann e Claudia Raia. Faz parte ainda do núcleo central da nova novela das 21h da Globo. Mas não é só isso: também é bonito, apaixonado pelo trabalho e determinado a fazer o que for preciso para encarnar o traficante Beto de ?Salve Jorge?.

Assim é Sacha Bali, o ator que acaba de estrear na Globo, após seis anos de trabalho na Record, e que conseguiu o feito de fazer seu debut na mais importante emissora do país no horário nobre e em um folhetim de Gloria Perez. Coisa para mexer com o ego de qualquer um, certo? Não com o dele.

?Claro que fiquei e estou um pouco ansioso, mas assim, estou tranquilo. Não estou aparecendo do nada. Trabalho com teatro e TV há sete anos. Fiz bastante coisa, estou me esforçando, correndo atrás. Não tem essa de estar desesperado, não?, afirmou ele, na maior tranquilidade, durante conversa com o Starlounge.

Aos 31 anos, Sacha começou a atuar aos 24, quando um problema em sua matrícula na faculdade de cinema o fez fazer uma prova para cursar teatro. Resultado: estudou as duas coisas e percebeu algo fundamental. ?Comecei a me divertir muito mais atuando.? A partir daí, ele engatou um trabalho atrás do outro na tela da Record, fazendo praticamente uma novela por ano. Constam em seu currículo atuações em ?Bicho do Mato?, ?Caminhos do Coração?, ?Os Mutantes?, ?Promessas de Amor?, ?Poder Paralelo? e ?Vidas em Jogo?.

Foi durante os últimos capítulos de ?Vidas? que o caminho dele em direção a Globo começou a ser traçado. ?Eu estava terminando a novela, meu contrato também estava chegando ao fim. Um produtor de elenco da Globo entrou em contato, ele já me conhecia da Record. Meu contrato terminou no dia 30 de abril, fiz o teste no dia 2 de maio, e, no dia 4, tudo já estava certo?, relembrou Sacha. ?Fiquei quatro dias sem contrato, isso é o sonho de qualquer ator.?

Já nos domínios da Globo, o intérprete de Beto começou a trabalhar determinado a absorver o universo do Complexo do Alemão para dar mais veracidade ao personagem. Para isso, não teve medo: lutou para conseguir ser recebido no morro para ver de perto sua realidade. ?No começo, tive uma certa dificuldade para entrar no Complexo para fazer uma pesquisa a fundo, não consegui muita abertura, porque é meio complicado você lidar e entrar no meio do tráfico?, contou o ator.

?Mas, com o passar do tempo, fiz amizade com uma pessoa ligada aos projetos sociais de lá e que já foi envolvida com esse universo. Ficamos amigos e ela me levou para conhecer figuras do tráfico. Fui muito bem recebido, aceitaram meu trabalho e começou a troca de ideias. Regularmente vou lá para pegar um pouco da gíria, da atitude?, explicou.

Contratado até o fim de ?Salve Jorge?, Sacha não tem dúvidas na hora de apontar as diferenças entre a Record e a Globo. ?A Globo é muito maior, espera-se muito mais de tudo. As coisas parecem mais importantes?, contou ele, que pessoalmente vai se adaptando aos poucos à nova emissora. ?Na Record, eu me sentia em casa, conhecia todo mundo. Estava muito à vontade. Na Globo, estou chegando, tem aquele primeiro impacto, a diferença maior é essa, a de entrar em uma casa diferente.? Mas será que alguém ainda duvida que ele vai ser mais do que bem-vindo por lá? Nós não.


Ex-Record, ator de Salve Jorge diz: â??A Globo é muito maiorâ??

Fonte: Star Lounge