Polêmica: Fabricante de anel vaginal de Carol  Francischini diz que eficácia é de 99%

Polêmica: Fabricante de anel vaginal de Carol Francischini diz que eficácia é de 99%

A modelo disse que estava com o anel e usou camisinha no momento da concepção.

A MSD, fabricante do anel vaginal contraceptivo NuvaRing, usado por Carol Francischini, enviou um comunicado à imprensa atestanto a eficácia do produto, que é de 99% se usado em condições ideais.

Em entrevista à revista "Veja", a modelo disse não saber o que aconteceu para que engravidasse, já que estava com o anel e usou camisinha no momento da concepção.

"Eu usei camisinha. Não sei o que aconteceu. Aconteceu isso com algumas amigas minhas também. Não sou a primeira, nem a última. Não fiz nada ilegal. Eu usava Nuvaring (um anel vaginal). Perguntei para o meu médico e ele disse que isso pode acontecer sim, mas é raro", disse Carol, que está grávida de um menino, cuja paternidade é mantida em sigilo.

Leia o comunicado da MSD na íntegra:

"Com relação à declaração da modelo Carol Francischini mencionando o anel vaginal contraceptivo NuvaRing, a MSD, fabricante do produto no Brasil, agradece a publicação de um esclarecimento.

A MSD informa que toda sua linha de contraceptivos apresenta estudos clínicos que chancelam a eficácia e a segurança desses produtos. O índice de eficácia do anel vaginal é de 99% em condições ideais de uso.

A utilização mensal do anel vaginal reduz, em muito, a chance de esquecimento e, portanto, de falha.

A MSD esclarece ainda que mantém um serviço de farmacovigilância que monitora todas as possíveis notificações relacionadas aos produtos".

Fonte: EGO