"Amo ser bela, recatada e do lar", diz Urach ao dedicar à culinária

Ela está lançando canal no Youtube ensinando a cozinhar

Um novo capítulo está para ser escrito por Andressa Urach. E olha que a moça tem é história para contar. Depois de quase morrer, passar a limpo sua vida e contar tudo isso numa biografia, a modelo quer ensinar a outras mulheres como se virar na cozinha. Sim, Urach agora se dedica à culinária e está lançando um canal no Youtube para dividir seus conhecimentos e temperos.

Antes, porém, ela está aprendendo mesmo os pormenores das panelas. Se matriculou num curso de gastronomia, em São Paulo, e começa a compartilhar seus pratos em seu perfil, no Instagram. “A paixão mesmo pela cozinha começou após minha conversão, faz dois anos, participei de um grupo chamado Godllywood e esse grupo me ajudou a rever valores que eu já tinha perdido. Um deles era apreciar tudo que eu fazia do cuidado com a minha casa ao prazer de preparar uma refeição”, conta ela, que na primeira tentativa não fez tanto sucesso: “Fiz um bolo de chocolate e ficou muito ruim o primeiro, mas na segunda tentativa deu certo e Arthur, meu filho, aprovou. Já fazia tempo que eu não cozinhava”.


Na realidade, enquanto a vida era de muita agitação — leia-se polêmicas, Miss Bumbum, aparições bombásticas —, Urach mal sabia onde ficava a cozinha da casa. “A antiga Urach é uma longa história mas vou contar no próximo vídeo do meu canal como eu era na cozinha”, faz mistério: “ Na verdade quando nova eu sabia cozinhar mas era muito ruim a minha comida e eu não gostava de cozinhar achava perda de tempo ficar horas na cozinha”.

A criação de um canal, o “Cozinhando com Andressa Urach” surgiu dessa reaproximação com os afazeres domésticos. “Criei o canal porque minhas seguidoras pediam, já que sempre estou postando as receitas que faço em casa. São pratos rápidos, fáceis e com ingredientes de fácil acesso. Eu mesma pretendo fazer meus vídeos em casa e editá-los. Meu objetivo é incentivar as mulheres a cozinhar para seus filhos e maridos e ensinar que não é difícil de aprender”, justifica.


Hoje ela prepara almoço e jantar para a família e não vê demérito em seu uma dona de casa. “Amo ser bela, recatada e do lar. Amo cuidar da minha casa, fazer comida, limpar, cuidar do meu filho e do meu marido. Revi valores que já tinha perdido. Então, hoje, sem duvidas, posso dizer que amo essa frase”, avalia ela, que acredita ainda que a mulher conquista o homem pelo estômago: “Com meu esposo foi assim. Afinal, quem não gosta de uma comidinha caseira e saborosa feita com amor? Ele gosta de tudo que eu faço”.



Fonte: Extra
logomarca do portal meionorte..com