Após polêmica com beijo gay,Nego do Borel explica apoio à Bolsonaro

Na conversa, ele ainda falou sobre o beijo gay

Como já foi informado, Nego do Borel lançou o clipe da música ‘Me Solta’ e já vem causando a maior polêmica. Nas redes sociais, o funkeiro foi duramente atacado de todos os lados, após protagonizar um beijo gay de língua e se travestir de mulher.

O hit foi lançado em parceria com o Kondzilla, maior canal do Youtube no Brasil, e vem dividindo opiniões, já que as críticas partiram justamente da comunidade LGBT (Gays, lésbicas, bissexuais e transexuais), e do público em geral.

O clipe foi inteiramente gravado no Morro do Borel, no Rio de Janeiro, e contou com participações dos próprios moradores do local. Na gravação, Nego apareceu vestido de mulher, com direito a salto alto e short curto, e isso vem sendo tido como uma afronta.

Nego do Borel causa controvérsias  (Crédito: Reprodução)
Nego do Borel causa controvérsias (Crédito: Reprodução)

No entanto, recentemente, o artista chegou a posar para uma foto com o deputado federal e pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro, considerado homofóbico e machista, e isso intensificou ainda mais os comentários negativos de ambos os lados, fazendo com que ele seja verdadeiramente bombardeado.

Em entrevista ao UOL, Nego do Borel garantiu que não vota no deputado federal e disse: “Não sou eleitor de Bolsonaro”. “Esta foto foi tirada num jantar que eu estava também, a pedido do filho dele. Não costumo negar tirar fotos com ninguém”, disse ele.

Na conversa, ele ainda falou sobre o beijo gay. “Acho que a cena do beijo serviu para mostrar mesmo o real objetivo da mensagem”, comentou.

Fonte: Com informações do TV em Foco
logomarca do portal meionorte..com