Assassino de Daniela Perez, Guilherme de Pádua se casa pela 3º vez

Muitas pessoas ficaram revoltadas com a cerimônia.

Guilherme de Pádua, ex-ator que foi condenado em 1992 pela assassinato da atriz Daniella Perez, filha da autora de novelas Glória Perez, se casou pela terceira vez. O enlace com Juliana Lacerda aconteceu em um cartório de Belo Horizont, na terça-feira (14). Em seu perfil do Facebook, Guilherme celebrou.

“Casei no cartório, agora só falta na igreja.Glória a Deus! Pra todo sapato velho existe um pé descalço! Ei! (Você aí) que tá sem esperança de se casar, calma! Se até eu arrumei, você também vai arrumar!”.

Juliana escreveu um depoimento para o marido nas redes sociais.

“Logo quando eu me converti e decidi largar absolutamente TUDO por amor a Jesus, ele me disse que receberia 100 vezes mais...Acreditei e fui até o fim, conheci uma pessoa linda e especial e logo me apaixonei, comecei a orar por ele sem parar... Muitas lutas vieram e eu não desisti porque sentia que ele era para mim... Deus me mostrou de várias formas e soube esperar, ter paciência e deixar ele agir... Agora estou eu aqui, casada, depois de tantos livramentos e de relacionamentos que não valeram à pena!!! Mas resolvi confiar e esperar, por isso digo que hoje ganhei o meu 100 vezes mais, o meu príncipe, homem mais lindo e maravilhoso do mundo, transformado e lavado pelo sangue de Jesus”

Pádua contou como ele e Juliana se conheceram.

“Conheci a Ju em um tempo de muita dor e fomos somente amigos por mais de um ano... Neste tempo, tivemos muitas oportunidades de ficarmos com pessoas melhores aos olhos naturais’ (com melhor situação financeira, no caso dela também sem um passado manchado... tantas foram as oportunidades... Ju, minha esposa linda, você me conheceu numa fase tão difícil da minha vida e mesmo assim não desistiu de mim! Você é fortinha, heim, loira? Te peço perdão por meus medos, meus traumas, minhas inseguranças, dúvidas”.

Em dezembro de 2016, mais precisamente no dia 28, Glória Perez relembrou os 24 anos da morte da filha, Daniella Perez. A autora compartilhou com internautas um vídeo com imagens de Daniella e legendou o post com a seguinte mensagem: "“28-dez-1992. O dia em que a ambição de dois psicopatas tirou você de nós".

Paula Tomaz, ex-mulher de Guilherme de Pádua, também foi condenada pelo assassinato de Daniella. Cumpriu pena e reconstruiu sua vida. Casou novamente e hoje vive no bairro de Copacabana, no Rio de Janeiro.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7