Betty Lago fala sobre sua luta contra o câncer: “Tenho fé que vou sair dessa”

Entre idas e vindas, são três anos jogando xadrez com a morte.

"Desde 2012 venho fazendo quimioterapia para tratar de um câncer (primeiro na vesícula e depois no fígado). Entre idas e vindas, são três anos jogando xadrez com a morte, sem ter Ingmar Bergman na direção. Nem penso muito sobre o assunto, a não ser quando alguém me pergunta. Na verdade, estamos todos in the edge, só que uns têm mais chances de partir antes. Aprendi a lidar com a situação da melhor maneira possível, acredito que manter o bom humor é fundamental sempre – um câncer não pode ter o poder de tirar sua personalidade, por pior que ele possa se apresentar. Acho que não dá para morrer em vida, se deixar vencer”.

O depoimento acima é da atriz Betty Lago e é apenas um trecho do emocionante depoimento que ela deu a Hermés Galvão na matéria A Vida é Agora da edição de abril da Vogue Brasil. Sem se abater pela volta do câncer, Betty conta como lida coma exposição da doença, o tratamento e o trabalho, que segue a mil – seu programa na web está bombando e este mês ela volta aos palcos; em texto que serve de inspiração para diversas pessoas que enfrentam a mesma batalha.

“Tenho ensaiado diariamente a comédia Menopausa, que entra em cartaz este mês no Rio. Continuo trabalhando loucamente, faço meu programa na web, o Calma Betty!, que já tem mais de 500 mil visualizações; continuo na Record e cheia de gás. (...) Ninguém tira um câncer de letra,mas é possível tornar as coisas mais leves.Tenho fé que vou sair dessa", contou a atriz. Betty ainda confessou ler diariamente os ensinamentos de Osho (guru indiano e mestre em meditação, morto em 1990, que conquistou seguidores no fim dos anos 50 ao pregar a busca pela espiritualidade sem ter de se comprometer com antigas crenças) e que frequenta a Abadiânia para se tratar com João de Deus.  "Eu me acho linda de qualquer jeito. E isso ninguém tira de mim. Nem um câncer”. A revista já está nas bancas.

Fonte: Globo