Brad Pitt ficou furioso com Angelina Jolie após notícia de divórcio

Brad está chateado com Angelina

Fontes do tabloide americano "TMZ", que divulgou com exclusividade, nesta terça-feira, que os atores Brad Pitt e Angelina Jolie estão se divoriciando após 12 anos de união, contam que o astro de Hollywood está furioso com a companheira por ela tê-lo acusado de ser mau pai.

De acordo com a publicação, Brad Pitt não gostou nem um pouco de saber que a atriz revelou temer pela relação dele com os seis filho do casal por seus "problemas de raiva" que, nos últimos tempos, pioraram por abuso de "erva" e álcool. Por isso, inclusive, ela pede guarda exclusiva das crianças. Ela não estaria satisfeita com os "métodos" de Brad em relação aos filhos.

"Ela liberou o inferno", teria dito Pitt sobre toda a situação para uma fonte do TMZ. Além disso, o ator estaria apavorado com a perseguição dos paparazzi com a divulgação do divórcio. A casa do casal já foi cercada pelos fotógrafos e, segundo o "TMZ", agentes da Polícia de Los Angeles fazem rondas pelo local.

Image title

Casal tentou evitar o divórcio

Brad e Angelina tiveram muitas conversas nos últimos dias, nas quais o ator pediu que a mulher o ajudasse a lidar com a situação "como adultos". Ele teria pedido que o divórcio acontecesse de forma discreta para o bem das crianças. E, por isso, não concordou com a posição da companheira de tornar o processo de separação público.

Brad está chateado com Angelina e, nesse momento, teme pelos filhos, diz a publicação.

À revista “People”, o ator falou sobre o divórcio. “Estou muito triste com isso, mas o que mais importa agora é o bem-estar de nossos filhos”, disse ele. “Peço para a imprensa para dar-lhes o espaço que merecem durante este tempo difícil”. Angelina e Brad Pitt estão juntos desde 2004, mas o casamento foi oficializado apenas em agosto de 2014.

"Caminhos diferentes"

Uma fonte do jornal britânico "The Sun" disse ainda que a atriz estava insatisfeita com o casamento e as decisões do casal para o futuro.

"Ela tentou fazer o casamento funcionar por muito tempo por causa dos filhos, mas eles (Angelina e Pitt) estavam em uma crise e não viam uma saída. A vida deles estava caminhando para direções diferentes", disse a fonte, que acrescentou: "Angelina queria ser vista como uma humanista enquanto Brad continua com o estilo de vida de Hollywood e está no meio de uma crise de meia idade".

Segundo a fonte, a atriz teria dito ao marido que não aguentava mais estar com ele. "Ela acabou dizendo para ele no início do mês: 'Eu não aguento mais fazer isso'. Ele ficou devastado. Mas acabou mesmo. Não há contos de fada aqui", acrescentou.

"Fumava todo dia"

Em 2011, em uma entrevista à revista "Parade", Brad admitiu que fumava maconha diariamente durante os anos 90 e que o uso da droga prejudicou sua vida. "Eu me isolava e ficava sentado no sofá fumando maconha o dia todo. Depois de um tempo, eu comecei a me sentir patético", disse.

Fonte: Com informações do Jornal Extra