Confira lista de famosos que já criticaram publicamente os gays

Outros á criticaram publicamente os gays

A decisão da Suprema Corte americana no último mês, ao legalizar o casamento gay em todo os Estados Unidos, foi apoiada por muita gente. Várias celebridades entraram no embalo, manifestaram-se e defenderam a causa.  Apesar da grande maioria se posicionar ao lado dos gays, também há os famosos que não são a favor dos direitos dos homossexuais — ou que ao menos já criticaram publicamente os gays.

Joelma

A vocalista da banda Calypso causou muita polêmica em 2013, quando disparou contra os homossexuais. “Tenho muitos fãs gays, mas a Bíblia diz que o casamento gay não é correto e sou contra. Conheço muitas mães que sofrem por terem filhos gays. É como um drogado tentando se recuperar”, falou.

Image title


Paris Hilton

Em 2012, Paris Hilton chamou os homens gays de nojentos, além de afirmar que eles “provavelmente têm AIDS”. Depois de muita repercussão negativa, ela pediu desculpas e afirmou que “pessoas homossexuais são as mais fortes que existem”. Aí não vale, né Paris?

Image title


Donald Trump

O empresário — e agora candidato à Presidência dos Estados Unidos — disse que não apoia o casamento gay. A declaração de Trump não foi considerada uma surpresa, já que ele pertence a uma ala mais conservadora da política americana. “Eu não me sinto bem sobre isso”, comentou.

Image title


Mara Maravilha

Em 2012, durante o programa Morning Show, da RedeTV!, Mara Maravilha disse que o carinho entre pessoas do mesmo sexo em público era uma “aberração”. E continuou: “Eu conheço vários gays que não querem ser mais gays, querem se curar e deixar isso de lado”. É claro que ela tentou se explicar depois, dizendo que não tem preconceito.

Image title


Claudia Leitte

“Deus me livre (ter um filho gay). Ele será muito bem criado. Eu adoro os gays, mas prefiro que meu filho seja macho”. Foi esta a frase de Claudia Leitte que causou revolta nas redes sociais. Ela tentou se desculpar depois, mas acabou reafirmando o que disse.

Image title


Agnaldo Timóteo

Agnaldo Timóteo não poupou palavras para criticar o afeto entre homossexuais. No programa Superpop, da RedeTV!, ele comentou: “Ver dois homens de mãos dadas ou se beijando na rua é uma agressão”. Sério mesmo, Timóteo?

Image title


50 Cent

O agora falido 50 Cent parece ser um cara meio indeciso: o rapper já publicou alguns tuítes criticando os homossexuais. Em certa ocasião, disse que “se um homem não gosta de mulher, ele deve se matar e o mundo seria um lugar melhor”. Depois, ele insistiu em dizer que aquela não foi uma declaração contra os gays. Já em uma entrevista de 2012, o cantor afirmou que apoia o casamento gay. “Acho que todo mundo deve ser feliz”, comentou. Ué!?

Image title


Chris Brown

Outro cara confuso sobre as suas convicções é Chris Brown. O artista foi mais um que publicou tuítes usando palavras ofensivas contra os homossexuais, além de já ter se envolvido em uma briga com o cantor Frank Ocean, assumidamente bissexual, chamando-o de “bichinha”. Em outro momento, Brown pediu aos seus seguidores que assinassem um abaixo-assinado pelo fim da violência contra gays em Camarões. “O amor não é um crime. Gay ou hétero. Ame quem você deseja amar. Diga não ao ódio e assine aqui”, publicou.

Image title


Mel Gibson

Sabemos que Mel Gibson não é um homem de mente aberta. Acusado de racista e misógino, Gibson fez um discurso homofóbico em 1991. “Com este visual, quem vai pensar que eu sou gay? Eu não permito esse tipo de confusão. Eu pareço com um homossexual? Eu falo como eles? Eu me mexo como eles?”, disse.

Image title


Cee Lo Green

Cee Lo Green era apresentador do The Voice quando disparou um tuíte que não agradou ninguém. Depois de receber uma crítica, ele disse: “Eu respeito a sua crítica, mas seja justo! Pessoas gostaram de ontem à noite. Talvez você seja gay e minha masculinidade te ofendeu”, postou. Que feio, Cee Lo!




Fonte: Com informações do Pop