Dançarino de MC Gui se defende de acusações: ‘Tentei evitar a queda dele’

Em seu perfil no Instagram, Caio demonstrou estar bastante chateado com as críticas que vem recebendo por conta da queda. E fez questão de frisar que tudo não passou de um acidente.

Responsável por dar impulso ao salto mortal que MC Gui tentou fazer durante o show de domingo, em Itatiba, São Paulo, mas que resultou em um acidente, o dançarino Caio Amador usou a rede social para se defender das acusações de que teria causado a queda do cantor. Após cair, Mc Gui, de 16 anos, precisou ser hospitalizado e teve os braços imobilizados.

Em seu perfil no Instagram, Caio demonstrou estar bastante chateado com as críticas que vem recebendo por conta da queda. E fez questão de frisar que tudo não passou de um acidente.

MC Gui com o dançarino Caio

Caio seguiu o desabafo afirmando que foi ele mesmo quem instruiu Gui a fazer a coreografia ousada e que até então eles nunca haviam errado o passo.

“Vocês, às vezes, dizem ou agem de forma impulsiva sem pensar no poder de um gesto ou até mesmo que uma palavra pode ter... Quem instruiu ele para os saltos fui eu, e por um deslize nosso dessa vez erramos o que vocês já viram em inúmeros shows. Agora, ofensas a mim e de outros críticos a ele desejando o mal, isso é o fim”, reclamou.

O dançarino terminou o desabafo avisando que logo MC Gui voltará aos shows.

“Enquanto for olho por olho o mundo acabará cego, então revejam seus conceitos e comentários pois somos pessoas, temos sentimentos, emoções e o que nos torna mais humanos ainda é que também “erramos”... Mas o que nos torna diferentes é que ao contrário do mal que vocês nos desejam desejamos em dobro o bem. E mais, desejo que Deus te livre dessa cegueira de querer o mal ou criticar quem no final das contas só te quer bem! Vamos voltar, surpreender”.

Fonte: Jornal Extra